Vote Aqui

Setor de equinos comemora eleição de Tereza Cristina à presidência da Junta Interamericana de Agricultura

06 DE SETEMBRO 2021



A entidade é o órgão máximo do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA)
 
A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, foi eleita, em 1º de setembro, presidente da Junta Interamericana de Agricultura (JIA). A eleição que é feita a cada dois anos, foi realizada durante a Conferência de Ministros da Agricultura das Américas 2021, em San José, na Costa Rica. “A eleição, por unanimidade, da ministra da Agricultura do Brasil à presidência da JIA demonstra a importância e a liderança do agro no país”, comemorou Caco Auricchio, presidente do Conselho de Administração do Instituto Brasileiro de Equideocultura (IBEqui).

A Junta Interamericana de Agricultura é o órgão máximo do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), que tem como objetivo orientar os 34 países participantes das Américas do Sul, Central e Norte, na formulação e implementação de projetos da agricultura e da vida rural. A JIA se reúne a cada dois anos para criar resoluções e acordos internacionais de agronegócio dos países participantes. A Junta também produz relatórios sobre as perspectivas do setor dos países participantes e monitora os compromissos firmados nas resoluções da entidade.

A ministra divulgou a notícia em suas redes sociais e fez questão de destacar que a escolha de seu nome para liderar a JIA é um reconhecimento ao papel da mulher no setor agropecuário. “Contar com o apoio de todos os países participantes da Junta Interamericana de Agricultura nos mostra que nossos esforços para implementar uma agricultura sustentável estão no caminho certo. Estou segura de que o Brasil, junto a todos os 34 países-membros do IICA, exercerá sua vocação de alimentar o mundo e preservar o planeta”, completou.

Voltar

© Instituto Brasileiro de Equidecultura - Todos os direitos reservados